quinta-feira, 19 de abril de 2007

PANIS ET CIRCENSES



Hoje é dia de final de Copa do Mundo. Os amigos da comunidade M... já compraram as entradas com pelo menos seis meses de antecedência. Debitado na conta virtual de crédito e financiamento do Banco John’s Paul Morgan.

Os caras da comunidade M... são de vários países. Dois mexicanos, um americano, uma francesa, um australiano, três ingleses e um marroquino. Comunicam-se em dialeto msênico e transitam por todo mundo em viagens turísticas virtuais.

A Copa do Mundo ainda é o maior evento do planeta. Transmitido para mais de 170 países e disponível também para público virtual, já há pelo menos 20 anos. Funciona assim: você entra em contato com os organizadores do evento (em vídeo-conferência se for um grupo de pessoas) e escolhe num mapa, qual lugar quer se sentar no estádio. Os valores variam de acordo com a visibilidade pretendida. Escolhido o local, você recebe uma senha e, dependendo do tipo de plano escolhido, tem acesso a câmeras exclusivas: no vestiário, ao lado do banco de reservas, na beira do túnel por onde os jogadores entram em campo e por aí vai. Uma gama enorme de possibilidades.

Os amigos resolveram adquirir também, entradas exclusivas para a grande festa de encerramento, que costuma lotar casas noturnas após o término do jogo. São vendidas como parte do pacote e dá o direito à pista de dança, bar, lounge, jardins suspensos e camarotes vips.

Hoje então, os amigos da comunidade M... se conectam pelo menos umas 3 horas antes do início do jogo. As cadeiras são todas próximas. Para os australianos, ainda é madrugada, mas isso não parece ser problema. Há muito tempo, o mundo deixou de ser orientado por regras de horário comercial, bancário e de bolsas de valores. Os horários são flexíveis, assim como as relações trabalhistas, sociais e financeiras. Aliás, os amigos só mantêm suas nacionalidades por uma questão de respeito às culturas locais. Há pelo menos três décadas, os países deixaram de ter fronteiras físicas e passaram a se organizar em grandes blocos. Pra ser exato, quatro.

Ah... as cervejas ainda são reais. Pedidas pelo monitor global (uma espécie de TV em rede mundial) são entregues em casa em menos de 10 minutos. E são pagas em créditos virtuais.
Bem, quanto ao jogo, ninguém sabe ao certo se é real ou não. Mas também ninguém parece se importar.

A diversão está garantida.
.
.

Wallace Puosso, 2057

3 comentários:

tarto disse...

usa o campo de título ae ae

Tom disse...

Bem, meu tédio em assistir a qualquer evento esportivo ainda é real... kkkkkkkkkkkkkkkkk
Boa reestréia, compa!
E olha esse layout!!! UAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAU!!!
Abraços, galera!

wallace disse...

bom... gostei do layout... ficou chique pra caramba. Estamos ficando imporrrrrrrtantes, cumpadis!!! hehe... demorei um pouquinho pra postar, mas é isso aí... ANTES TARDE DO QUE NUNCA!! hehe... abraços!!