sábado, 6 de agosto de 2005

PEQUENO ENSAIO


Quem me dera poder escrever algumas linhas sobre o amor. Mas, como um simples mortal, seria complicado descrever uma grande e boa invenção de Deus. E outra: quem melhor poderia escrever sobre o amor são aqueles que estão apaixonados. E este não é meu caso, por enquanto. Mas, aqui vai a minha tentativa.
O que seria o amor? Qual seria a definição mais acertada para um sentimento tão indefinivel? Existem várias: o amor é aquilo que preenche quando nos deparamos com alguém do qual gostamos. Sabe, aquela coisa... você que me lê agora já deve ter sentido isso, pelo menos uma vez. É uma coisa, sabe... bem coisa mesmo. Indescritível. Para [tentar] exemplificar, cito Camões: é fogo que arde sem doer, é ferida que dói e não se sente... é aquilo que invade a alma. Cada poro do corpo, cada reentrância sente essa onda de sentimento novo e bonito. Tem gente que não quer sentir, mas quando vê, já é tarde demais.
Há outros que definem o amor como uma dor de dente, ou de estômago, se preferir. E não me perguntem porque. Mas, agora pessoalmente, o amor para mim é um sentimento de carinho por algo ou alguma coisa, ou alguém. Exemplo: quando diz que gosta do seu cachorro, você sente amor por ele. Ou quando diz que adora a sua mãe, não é amor? Ou aqueles que dizem que que adoram seus amigos, não deixa de amá-los? Não é um tipo de amor que se sente por eles? Ou aqueles mais estranhos [mas não menos comuns], que amam seu radinho de pilha, seu DVD, sua TV, seu time de futebol, sua sogra [caso raro], uma fotografia, um artista, um computador, o vizinho, a filha do vizinho, o melhor amigo, o carro, um objeto de importância emotiva, seu controle remoto, seus CD's, sua imagem de São Jorge, o pôster do Che Guevara, baralho do jogo do mico... enfim: tudo isso é amor. Da sua forma, mas é amor.
Mas na verdade não importa pelo que ou por quem você sente esse amor. O que realmente importa é que sinta, ao menos uma vez. Pois nenhuma pessoa neste mundo [ou em qualquer outro] consegue viver sem amar ou ser amado.

12 comentários:

Tom disse...

E inicou-se a temporada de mais textos de qualidade circulando pela internet!

Marilena disse...

AMOR! Quatro letras e infinitos significados. Infinitas emoções. Infinitas explicações. Realmente, só quem ama e é amado pode tentar dizer o que é! Lindo Texto. Uma obra literária. Até que enfim algo bom foi criado! BJUXXX! m@ril£n@!

IRIS disse...

ai ai o amor... eu estou completamente apaixonada e aleluia!! estou sendo retribuida e é muito bom... Eu sou nova na CDB e vim conferir seu espaço, muito show, parabens... K seu domino seja radiante, bjus mil

Luma disse...

Amor é qdo uma pessoa concorda com vc que vc é a pessoa mais especial do mundo e vice versa...amor é uma concordância,é qdo se anda no mesmo trilho sem se preocupar com o trem...ih...vou parar com a vódka agora...
Um beijo de uma mulher de 30

Elze disse...

Concordo com Camões: "É um fogo que arde sem se ver; é ferida que dói enão se sente..." Seu texto ficou ótimo! Parabéns!

patricia disse...

que magico este lugar luiz...parabéns! vale a pena...sempre luiz, acredite.

u r b a n o disse...

Amor... sentimento complexo. Sem definições.

tati disse...

Ola!!
Adorei, esse belo blog..Como esse texto muito bem feito.. o amor é um tema que adoro ler e escrever a respeito, mesmo porque sou uma eterna apaixonada.. amo meu namorado..amo a minha vida, minha família e meus amigos..é muito bom amar e ser amado.. é só felicidades..
Desejo a vc Luiz um bela semana
bjs

Clélia M. Iten Bittelbrunn disse...

Olá, adorei o texto, principalmente falando de amor, podemos dizer que agora temos um blog com texto belissimo... Parabéns, sucesso e boa sorte.

rafa disse...

grande luiz...finalmente passo por aqui, um belo lugar q com certeza virá a ser um ponto na net muito bacana, pra gente refletir...seu texto ficou muito bom, foi melhorando conforme foi vc foi tomando mais confiança pra falar desse sentimento, complicado realmente. Pois como vc mesmo disse 'nenhuma pessoa neste mundo [ou em qualquer outro] consegue viver sem amar ou ser amado'...eu ja amei, creio q tb ja fui amado, porém passou...e digo mais...como diria o mestre Raul Seixas...'ninguem é feliz nesse mundo tendo amado uma vez'..."sentimentozinho" complicado esse nao...?

rafa disse...

grande luiz...finalmente passo por aqui, um belo lugar q com certeza virá a ser um ponto na net muito bacana, pra gente refletir...seu texto ficou muito bom, foi melhorando conforme foi vc foi tomando mais confiança pra falar desse sentimento, complicado realmente. Pois como vc mesmo disse 'nenhuma pessoa neste mundo [ou em qualquer outro] consegue viver sem amar ou ser amado'...eu ja amei, creio q tb ja fui amado, porém passou...e digo mais...como diria o mestre Raul Seixas...'ninguem nesse mundo é feliz tendo amado uma vez'..."sentimentinho" complicado esse nao...?

rafa disse...

grande luiz...finalmente passo por aqui, um belo lugar q com certeza virá a ser um ponto na net muito bacana, pra gente refletir...seu texto ficou muito bom, foi melhorando conforme foi vc foi tomando mais confiança pra falar desse sentimento, complicado realmente. Pois como vc mesmo disse 'nenhuma pessoa neste mundo [ou em qualquer outro] consegue viver sem amar ou ser amado'...eu ja amei, creio q tb ja fui amado, porém passou...e digo mais...como diria o mestre Raul Seixas...'ninguem nesse mundo é feliz tendo amado uma vez'..."sentimentinho" complicado esse nao...?